Estrada Nacional 2 – De Chaves a … Chaves 1. e 2.

No 1º dia, e após cerca de 1 hora e meia a compreender como funcionava a autocaravana, lá começamos a nossa viagem para Chaves. Fomos pela autoestrada, porque o objetivo era começar em Chaves e chegar lá o mais rápido possível. Saímos depois do almoço, uma vez que carregar tudo o que é necessário ainda demorou algum tempo. Preferi levar tudo o que era nosso: louça, detergentes, toalhas e roupa de cama, etc. Senti-me melhor com a noção de que tudo tinha sido lavado e preparado por mim.

E lá fomos.

Devagar. Devagar. A autocaravana em que os deslocamos não pode circular a mais 100 km/hora sob pena de ficar instável. Mas foi uma aventura!

Parque de Campismo de Rebentão – Chaves
Parque de Campismo de Rebentão – Chaves

Seguimos direto para o Parque de Campismo de Rebentão em Chaves e adoramos. Muita simpatia e disponibilidade. Duas noites e o custo foi de €33,80 (colocarei sempre o valor com tudo: autocaravana + eletricidade, 1 tenda para o mais velho, 2 adultos, 2 crianças até 17 anos e1 criança até 6 anos).

Parque super tranquilo, muito arborizado e com um restaurante mesmo ao lado com grande qualidade e com preços muitos acessíveis. Nunca cozinhamos ao jantar! Reservem e vão buscar para comer na autocaravana. Sem stress e com a natureza a criar o cenário.

reparar tudo

No 2º dia, e depois de uma noite bem dormida toca a andar para o centro da cidade.

Posto de turismo de Chaves

Iniciamos a visita pelo Posto de Turismo, na esperança de encontrar o passaporte da E.N. 2. Infelizmente, e já há algum tempo, estão esgotados neste Posto de turismo. Pelo que nos informaram, existe um problema com a gráfica que os faz. Tivemos de esperar por Vila Pouca de Aguiar para os conseguirmos.

Depois foi só sair e fruir a cidade.

Marco do Km 0 da E.N. 2
Placa de azulejo do ACP.
Fachada da Casa que pertenceu a Nadir Afonso
Imagem do rio
Castelo de Chaves

Não conseguimos muito mais que passear, porque tendo chegado a um domingo, no dia seguinte encontramos muita coisa fechada. Mas comemos pastéis de chaves e cristas de galo.

Depois… mergulho! Muito calor, por isso todos os dias procuramos uma piscina ou uma praia fluvial para os refrescar. Em Chaves têm as piscinas municipais mesmo ao lado do Parque que são muito boas. uma piscina para crianças, uma de saltos e uma para todos. Pouca gente, pois a lotação é bastante limitada e muitos cuidados de higiene.

Piscinas municipais de Chaves

Valeu bem a pena. Dia seguinte?

Vila Pouca de Aguiar.


One thought on “Estrada Nacional 2 – De Chaves a … Chaves 1. e 2.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s